Mapa de Índices Pluviométricos do Tocantins

ÍNDICES PLUVIOMÉTRICOS TOCANTINS

MAPA DE ÍNDICES PLUVIOMÉTRICOS NO BRASIL

INDICE PLUVIOMETRICO BRASIL
NORTE

2500 a 3000 mm por ano

CENTRO OESTE

1500 a 2000 mm por ano

NORDESTE

750 a 1500 mm por ano

SUDESTE

1500 a 2000 mm por ano

SUL

1250 a 2000 mm por ano

Mapa de Índices Pluviométricos

Mapa do estado do Tocantins com Índices Pluviométricos.
ESSENCIAL

Clique sobre a região para saber o índice pluviométrico da área.

O QUE É ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO?

Índice Pluviométrico é uma métrica, uma forma de medição, que, de forma simples, indica a quantidade de chuva que cai em uma área em determinado tempo. Em termos mais técnicos, é a quantidade de precipitação da água de várias formas como chuva, neve e granizo em milímetros num determinado local durante um espaço de tempo.

Se o índice pluviométrico em um local no dia foi de 3mm, significa que uma caixa aberta com 1 metro quadrado de base nesse local, o nível da água dentro da caixa teria atingido 3 mm de altura naquele dia.

No caso das fazendas, é a quantidade de chuva acumulada por m² da cidade em que a fazenda está localizada durante o ano. Quanto maior o índice, mais chuva no local. Essa informação é obtida através de um aparelho chamado pluviômetro localizado em estações meteorológicas.

No mapa acima, é possível ver que a região norte tem um índice pluviométrico mais alto que as outras regiões brasileiras, e o nordeste é mais baixo.

O índice pluviométrico é extremamente importante para a produção agrícola.

ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO PARA AGRICULTURA

A agricultura depende diretamente do clima, principalmente, da água. Só se realiza a plantação e a colheita com sucesso se as condições climáticas atenderem à necessidade da cultura.

Tanto a falta como o excesso de água pode atrapalhar a colheita.

Por exemplo, a produção da safra de soja com posterior safrinha de milho precisa de um índice pluviométrico anual mínimo de 1700mm. Logo, as áreas que têm média pluviométrica acima de 1700mm são mais valorizadas que outras, graças ao potencial de produção.

A falta de água pode atrapalhar o desenvolvimento das sementes, gerando um rendimento menor de sacas por hectare. No caso da soja, é essencial bastante água na fase de enchimento dos grãos

Na produção de grãos, como o feijão e a soja, a umidade precisa ser regulada conforme o estágio do grão, por exemplo, no final do ciclo do grão de soja não pode haver oscilações na umidade, sendo preciso um clima mais seco.

Geralmente, o plantio das culturas é planejado conforme a previsão de chuvas para que as fases da cultura coincidam com à chuva esperada na cidade.

Então não só a chuva é importante, como a sua correta previsão também. A previsão das chuvas é obtida acompanhando boletins meteorológicos e também guardando informações passadas das chuvas na propriedade, uma espécie de relatório próprio em que olhamos para trás para ver o que vem pela frente.

A mesma quantidade água pode ser excessiva ou insuficiente dependendo da fase em que a cultura está. Para resolver essa sazonalidade que pode prejudicar a produção, existem algumas saídas:

O uso de sistemas de irrigação permite controlar a quantidade de água sendo entregue a planta em períodos de seca, sendo possível colher água armazenada ou ainda usar água dos rios próximos à propriedade;

Também é possível a realização de um seguro fazendário, em que você tira da sua margem de lucro para garantir que não tenha prejuízos inesperados.

ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO PARA SOJA NO TOCANTINS

O índice pluviométrico mínimo para a produção de soja rentável no Tocantins é de 1600mm anuais, considerando que existe período de chuva e de seca bem definidos. Caso a região do plantio for de chuvas bem distribuídas, é possível plantar com um índice menor.

Geralmente, o início da plantação de soja no Tocantins se dá em novembro quando o solo já tem um mínimo de água que permite a germinação das sementes.

A falta de água e a baixa umidade no solo fazem diminuir a produção por hectare, podendo não tornar lucrativo o negócio. Por isso, não é recomendável o plantio em índices pluviométricos mais baixos.

ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO NO TOCANTINS

O estado do Tocantins se encontra do centro do Brasil tendo um período seco e outro chuvoso bem definido. O Índice pluviométrico médio anual do Tocantins é de 1250 a 2050mm; embora seja um estado pequeno, varia bastante conforme as regiões, sendo que algumas chove muito e outras pouco.

Normalmente, a estação chuvosa é de setembro até março, e o restante do ano é muito seco. Porém, isso varia de região em região.

O Índice Pluviométrico do Tocantins é Bom para Agricultura?

O estado do Tocantins tem regiões altamente aptas para a agricultura, com grande produtividade até mesmo de safra e safrinha e outras de pouco potencial agricultor, onde predomina a pecuária. O fato de ter estações bem definidas com período muito chuvoso e outro muito seco, ajuda na produção de grãos, como a soja, que precisa de água no início e pouca umidade no final do ciclo.

MAPA DE ÍNDICES PLUVIOMÉTRICOS NO TOCANTINS

mapa tocantins indice pluviometricos
NORTE

1400 a 1700 mm por ano

CENTRO OESTE

1700 a 2100 mm por ano

NOROESTE

1500 a 1800 mm por ano

CENTRO LESTE

1400 a 1700 mm por ano

CENTRO

1600 a 1800 mm por ano

SUL

1300 a 1800 mm por ano

SUDOESTE

1500 a 2100 mm por ano

SUDESTE

1200 a 1600 mm por ano

LISTA ÍNDICES PLUVIOMÉTRICOS NO TOCANTINS POR REGIÃO:

  • REGIÃO NORTE: 1400 A 1700mm;
  • REGIÃO NOROESTE: 1500 A 1800mm;
  • REGIÃO CENTRO OESTE: 1700 A 2100mm;
  • REGIÃO CENTRO LESTE: 1400 A 1700mm;
  • REGIÃO CENTRO: 1600 A 1800mm;
  • REGIÃO SUDOESTE: 1500 A 2100mm;
  • REGIÃO SUL: 1300 A 1800mm;
  • REGIÃO SUDESTE: 1200 A 1600mm.

Mapa Detalhado de Índices Pluviométricos

Mapa do estado do Tocantins com Índices Pluviométricos.
ESSENCIAL

LISTA DE ÍNDICES PLUVIOMÉTRICOS NO TOCANTINS

CIDADE (por habitantes)
ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO
Palmas
1900mm anual
Araguaína
1750mm anual
Gurupi
1500mm anual
Paraíso do Tocantins
2000mm anual
Porto Nacional
1600mm anual
Araguatins
1500mm anual
Colinas do Tocantins
1700mm anual
Guaraí
1800mm anual
Tocantinópolis
1400mm anual
Dianópolis
1400mm anual
Augustinópolis
1500mm anual
Formoso do Araguaia
1600mm anual
Miracema do Tocantins
1700mm anual
Taguatinga
1300mm anual
Pedro Afonso
1700mm anual
Lagoa da Confusão
1900mm anual
Miranorte
1800mm anual
Goiatins
1700mm anual
São Miguel do Tocantins
1500mm anual
Nova Olinda
1500mm anual
Wanderlândia
1500mm anual
Peixe
1400mm anual
Xambioá
1700mm anual
Xambioá
1600mm anual
Esperantina
1600mm anual
Babaçulândia
1600mm anual
Arraias
1400mm anual
Paranã
1300mm anual
Campos Lindos
1600mm anual
Axixá do Tocantins
1500mm anual
Ananás
1500mm anual
Natividade
1500mm anual
Sítio Novo do Tocantins
1500mm anual
Filadélfia
1500mm anual
Alvorada
1400mm anual
Praia Norte
1500mm anual
Colmeia
1900mm anual
Ponte Alta do Tocantins
1600mm anual
Monte do Carmo
1700mm anual
Palmeirópolis
1500mm anual
Pium
1900mm anual
Tocantínia
1700mm anual
Santa Fé do Araguaia
1700mm anual
Itacajá
1700mm anual
Cristalândia
1900mm anual
Dois Irmãos do Tocantins
2000mm anual
Almas
1400mm anual
Araguacema
2000mm anual
Divinópolis do Tocantins
2100mm anual
Arapoema
1800mm anual
Barrolândia
1900mm anual
Couto Magalhães
1800mm anual
Pequizeiro
1900mm anual
Aliança do Tocantins
1600mm anual
Silvanópolis
1600mm anual
Caseara
2100mm anual
Goianorte
1900mm anual
Pau d’Arco
1900mm anual
Novo Acordo
1500mm anual
Lagoa do Tocantins
1500mm anual
Lajeado
1700mm anual
Rio dos Bois
1800mm anual
Pugmil
1900mm anual
Fortaleza do Tabocão
1900mm anual
Abreulândia
2100mm anual
Itaporã do Tocantins
1800mm anual
Monte Santo do Tocantins
2000mm anual
Chapada da Areia
2000mm anual

ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO DO TOCANTINS POR CIDADE

FAZENDA À VENDA NO TOCANTINS - TO

POR QUE VOCÊ DEVE INVESTIR EM FAZENDAS NO TOCANTINS (TO)

As safras agrícolas batem recorde de receita ano após ano, com um aumento de 53% de um ano para o outro, puxado principalmente pelos grãos, que tiveram um aumento de 68% de 2020 para 2021; o faturamento de grãos gira em torno de R$ 594,1 bilhões em 2021, gerando riqueza para os envolvidos no setor de agronegócios brasileiro, tornando-se comum inclusive o investimento de estrangeiros, segmento extremamente lucrativo.

E o estado do Tocantins é um grande responsável por esse rendimento, sendo o principal produtor de grãos, como soja e milho, do norte do Brasil, embora seja um dos menores estados em extensão da região e o mais novo.

RAZÕES PARA INVESTIR EM FAZENDAS NO TOCANTINS

1-

Excelente Índice Pluviométrico para o Plantio

O sucesso nas safras de grãos depende da chuva, indicada pelo índice pluviométrico (medição do volume de chuva, precipitação, em determinada área em determinado tempo), sendo um dos principais fatores para conseguir maior produtividade das suas terras.

Por exemplo, o índice pluviométrico alto, geralmente acima de 1800mm, permite a produção de safra de ciclo maior com posterior safrinha (também conhecida como segunda safra) de ciclo menor, aumentando os lucros da safra e o aproveitamento dos hectares produtivos, tornando toda a fazenda mais eficiente e lucrativa.

Estudos mostram que o território do estado do Tocantins possui valores médios anuais de chuva entre 1250 a 2050 mm, variando conforme a região, tendo regiões de muito chuva e outras de menos.

Ou seja, algumas das regiões do Tocantins têm muito mais potencial produtivo que outras, e logo, são mais valorizadas. O índice pluviométrico quase dobra de uma região para outra.

Exemplo de cidades com alto índice pluviométrico:

->Caseara;
->Divinópolis;
->Abreulândia.

No Tocantins, geralmente, é realizada uma safra de soja e depois uma safrinha de milho ou feijão, dependendo do preço do grão no ano. Esse cultivo alinhado à pecuária tornam as fazendas do Tocantins, principalmente as grandes fazendas, extremamente rentáveis com retornos acima da média do mercado de investimentos.

Nas regiões mais secas, não é possível fazer esse aproveitamento, acaba se dependendo mais da pecuária, pois não há tanta chuva, logo, o lucro das terras não é tão alto.

As precipitações crescem do sul para o norte do estado, variando de 1500 mm a 1750 mm/ano; já do leste ao oeste, de 1300 mm a 2200 mm/ano.

Mapa de Índices Pluviométricos

Mapa do estado do Tocantins com Índices Pluviométricos.
ESSENCIAL

2-

Solos Férteis e Água Abundante

Um solo fértil e bem irrigado é essencial para boas safras de grãos e também ajudam indiretamente na pecuária. Um solo de alta fertilidade e capacidade de irrigação abre oportunidade para até três safras por ano: safra, entressafra e safrinha. Em geral, solos humosos, argilosos e médios são os mais recomendáveis para plantar.

O solo encontrado no Tocantins tem topografia plana e varia conforme a região, sendo naturalmente férteis em algumas regiões e necessitam de trabalho especial em outras. O tratamento do solo para o tipo de plantio determina quantas sacas você poderá conseguir por hectare, ou seja, seu lucro final.

O principal produto do Tocantins são os grãos como soja, milho, feijão e arroz. Porém, nos solos do estado, as frutas podem ser plantadas durante o ano todo em uma qualidade incomparável, alcançando inclusive o mercado europeu.

As principais frutas produzidas no Tocantins são a melancia, o abacaxi e a banana.

O estado do Tocantins conta com muita água disponível possuindo a terceira maior baía hidrográfica do Brasil, graças aos rios e à chuva, que ajudam na irrigação do solo e nas atividades econômicas da região

Essa água abundante também permite outra forma de investimento: a piscicultura (criação de peixes), com grande potencial de expansão no estado.

3-

Preço das Terras é Barato, Custo-benefício

O estado do Tocantins é conhecido como “Feirão de Terras” pelos investidores do agronegócio, pois o preço do hectare (geralmente, ditado pelo alqueire, equivalente a 4,84 hectares no Tocantins) é considerado abaixo do mercado em comparação a outros estados, principalmente considerando as vantagens que as terras do Tocantins oferecem pelo valor pago. Existem estados que as terras são baratas, porém, as condições não são rentáveis, seja pelo baixo índice pluviométrico, escassez de água, qualidade do solo, logística ou outros fatores, o valor pago ainda que seja baixo, não compensa.

Já o Tocantins, oferece excelente custo-benefício, permitindo um retorno financeiro do valor investido com taxas altas, a partir de 10% anual, tendo média de 30%, dependendo do ano e do gerenciamento da fazenda. Comparando com empresas, as fazendas do Tocantins oferecem uma rentabilidade anual acima do valor investido caso sejam bem gerenciadas, logo, é um ótimo investimento.

4-

Melhor Logística da Região

O estado está localizado num ponto estratégico, o centro do Brasil, para distribuir os produtos agrícolas no Brasil e para fora. As cidades são de bom tamanho e são consideravelmente próximas umas das outras.

Tocantins possui uma excelente logística, composta pelos modais ferroviário, rodoviário, hidroviário e aeroviário. Todas essas formas estão em constante melhoria, recebendo investimentos governamentais para facilitar o escoamento da produção agrícola no estado e baratear os custos.

Muitas fazendas são próximas ao asfalto e das cidades, permitindo acesso e saída mais fácil da produção, além de melhoria na qualidade da mão de obra.

O escoamento da produção agrícola ainda é feito em maior parte por rodovias, porém, o governo possui projetos para expandir o transporte hidroviário, além dos outros modais, permitindo a integração dos meios de transporte.

Tocantins possui também um aeroporto com terminal de cargas, com potencial de movimentar cerca de 15 toneladas por mês.

Da região do MATOPIBA, é o melhor estado em termos logísticos com toda certeza.

Crescimento até na Pandemia

Invista em Fazendas!

Além de moradia, as fazendas também são investimentos. Diferente de outros setores, a agropecuária cresceu até mesmo com a pandemia do coronavírus conforme os dados do IBGE, com a maior safra da história e batendo recorde de exportação.

Auxiliamos você a encontrar a fazenda certa para investir na agricultura e na pecuária, faça uma consulta e ajudaremos a achar o melhor investimento para o seu perfil.

Gado para pecuária

Crescimento até na Pandemia

Invista em Fazendas!

Além de moradia, as fazendas também são investimentos. Diferente de outros setores, a agropecuária cresceu até mesmo com a pandemia do coronavírus conforme os dados do IBGE, com a maior safra da história e batendo recorde de exportação.

Auxiliamos você a encontrar a fazenda certa para investir na agricultura e na pecuária, faça uma consulta e ajudaremos a achar o melhor investimento para o seu perfil.

h2 img 1a

OPINIÃO DOS CLIENTES

Vi pelo site algumas fazendas que me interessavam e entrei contato via Whatsapp para saber mais informações, fui bem atendido e marquei uma visita pessoalmente. Assinei o contrato de intenção de compra e venda online antes de ver a fazenda, porque entendi que não me obrigava a comprar, mas permitia ao corretor e ao comprador que me oferecessem todas as informações e abrirem a fazenda para a minha visita. Todo processo ocorreu bem e encontrei uma fazenda perfeita para minhas condições no norte do Brasil.

João Vitor da Rosa, Cliente Investidor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *